IJC DESDE : 2018

Carlos Guerreiro iniciou seu contato com a dança em 2005, no Street Dance. Durante uma de suas apresentações um professor e coreógrafo o convidou para suas turmas de Jazz e Contemporâneo, onde participou de diversos espetáculos e festivais, dentro e fora de Brasília. Durante esses doze anos de dança passou pelo Ballet, Jazz, Street Dance e Dança Contemporânea. Atualmente bailarino do grupo Azzo Dança e professor de Jazz no IJC

Conheça outros professores

Saiba mais sobre os nossos talentosos professores

Iniciou sua carreira na década de 1980, em Brasília. Foi bailarina profissional dos Grupos BOSSA e ATOS Cia. de Dança. Em 1990 criou o Grupo AZZO Dança, onde dirigiu e coreografou por 10 anos. Participou dos Festivais de Dança de Uberlândia(MG), Joinville (SC), Rio de Janeiro (RJ), Campo Grande (MS) e Bento Gonçalves (RS) obtendo, em todos, remiações. Ministrou vários cursos de Dança Contemporânea em Brasília. Participou, como jurada, em eventos como Taguatinga Dança, Desfiles das Escolas de Samba de Brasília e audições de grupos de dança. Coreografou o Espetáculo "Terra Vermelha" - Tributo a Jorge Amado, para o Grupo DANÇARTE. Em 2013, está ministrando dança contemporânea no IJC.  
    Dançarino, professor, coreógrafo de dança de salão, atuando há quinze anos em Brasília. Iniciou seu trabalho profissional em 2002 e, desde então, tem se dedicado aos estudos e imersão nas técnicas de dança e de baile do tango. Responsável por promover a tradicional milonga Entre Sueños há 9 anos na cidade de Brasília, é um dos principais professores e divulgadores do tango-dança da capital federal. Participou como professor de vários congressos em Brasília, tais como Bsb Dança e Balança Brasília, em ambos ministrando aulas de tango e bolero. Promoveu excursões durante três anos consecutivos à cidade de Montevidéu com alunos e amigos para praticar tango. No ano de 2013, a convite da embaixada Brasileira em Nairobi - Kenya (África), participou como coreógrafo e professor de danças brasileiras na “Semana da Cultura Brasileira”, produzindo um pocket show com um grupo regional de dança africana. Fez parte do quadro de profissionais da Academia Unique entre os anos de 2011 e 2015. Em 2015, mudou-se para o Rio de Janeiro, dedicando-se ao aperfeiçoamento e prática de tango e samba de gafieira. Neste período, integrou a Cia de tango Nuevos Aires, atuando como dançarino em seu último espetáculo, Piazzola. Ministrou aulas regulares, cursos e seminários e se apresentou com renomadas Damas do cenário da dança de salão carioca. Participou, como professor e palestrante convidado, do Congresso Brasileiro de Tango (CBT) e do BH Tango, nos anos de 2015 e 2016. E já é professor confirmado no CBT 2017. Está de volta à Brasília renovado e motivado a fomentar a dança de salão na capital federal.
      Trabalha com um estilo mais coreográfico em diversas músicas e estilos de gêneros diferentes encaixando uma dança pessoal e de linhas para vídeos (voltado a danças urbanas).
      A admiração pela dança iniciou-se ainda quando criança. Quando via apresentações de quadrilhas em escolas e festas juninas. Teve seu primeiro contato com a dança de rua em 2008 ainda na escola, quando foi premiado com vários títulos de danças escolares. Em 2009 foi convidado para fazer parte grupo THE LINKS, sendo reconhecido por sua dança e por seu coreógrafo, Willian Andrade.
      No mesmo ano teve contato com os bailarinos Rômulo Nobre, Tiago Moreira e Lucas Moreira, que os convidou para fazer parte do grupo Soul Dance, obtendo aprendizagem sobre a dança teórica e prática, também sendo reconhecido nessa trajetória.
      Em 2010 conheceu o bailarino Leonardo Conrado, que lhe fez um convite para participar de suas aulas de Freestyle hip hop dance. O ano de 2010 ainda levou a conhecer um dos coreógrafos mais renomados de Brasília, Rafael Vieira Nino, tendo a oportunidade de participar da Companhia de Danças Urbanas Cia Have Dreams, onde atuou como coreógrafo e bailarino.