IJC DESDE : 2012

Júlia Gunesch, nascida em Pirenópolis – GO, é atriz, diretora, maquiadora, bailarina e coreógrafa de Dança de Salão e Tribal Fusion. Graduada em Artes Cênicas, Bacharelado, pela Universidade de Brasília – UnB, atua na área desde 2006, tendo realizado trabalhos para teatro, cinema, televisão e shows de dança.

Desde 2011 desenvolve um trabalho diferenciado unindo Dança de Salão e teatro de forma híbrida e performática, a fim de tornar mais orgânica e completa a união entre os dois. É possível encontrar mais informações sobre esse tema em seu trabalho final no curso de Artes Cênicas, onde desenvolveu a pesquisa “A aplicação dos princípios da Dança de Salão ao processo criativo de uma cena”.

Ainda em 2011 dirigiu o renomado espetáculo AMASSA! que funde os princípios da dança de salão, dança contemporânea, artes marciais e teatro. Em 2013 realizou a direção cênica dos espetáculos Andanças de um Malandro e Manual do bom Condutor, do grupo Atuadança, participando também como atriz e bailarina.

Hoje integra o grupo de circo, teatro e dança Trupe de Argonautas como intérprete e desenvolve uma parceria na dança de salão com Oscar Ricarte, além de compor o quadro de professores do Instituto de dança Juliana Castro.

Conheça outros professores

Saiba mais sobre os nossos talentosos professores

Gaúcha de Uruguaiana, iniciou na dança na década de 80 aos sete anos de idade em Brasí­lia, tempo em que o JAZZ representava a grande atração expressiva da década. O interesse pela arte, expressão corporal e a paixão pelos esportes foram decisivos para sua formação acadêmica, Licenciatura em Educação Física pela Universidade Católica de Brasília. Hoje trabalha como personal trainer, professora de ginástica localizada e de pilates no IJC onde também é integrante do grupo de jazz Corpo em cena cia de dança, fundado pela diretora e coreógrafa Lenamaria Botelho desde 1989.
    Estudou Ballet Clássico, Jazz e contemporâneo. Certificação em Ballet Clássico pela Royal Academy of Ballet. Iniciou estudos em danças urbanas com Wesley Messias no Instituto Juliana Castro. Participou de cursos e workshops de danças urbanas nacionais e internacionais, incluindo na Broadway Dance Center em Nova Iorque. Atualmente é bailarina do Grupo Tribo Cia de Dança e professora de Jazz Funk, Stiletto e Street Jazz, modalidades das danças urbanas que utilizam elementos do hip hop, Jazz e Contemporâneo.
      Tudo começou aos 8 anos de idade, quando Samuel Ninaut ingressou na Escola de Música de Brasília e teve assim o seu primeiro contato com a música. Aos 11 anos, motivado a seguir os passos do pai, que dançava black music e tinha Michael Jackson como ídolo, Samuel Ninaut começou a ter aulas de break dance e hip hop. Aos quinze anos, foi descobrindo a sua verdadeira paixão pelo samba. Teve o seu primeiro contato com a Dança de Salão em 2012, como aluno e em seguida como monitor do Instituto de Dança Juliana Castro, onde permaneceu por pouco mais de dois anos, tendo formação em todos os ritmos da dança de salão. Em 2013, passou a fazer parte da companhia profissional de dança de salão Cia Zeijo, e com isso começou a ganhar notoriedade no cenário da dança. Atualmente, integra o quadro de professores do Instituto de Dança Juliana Castro e desenvolve um trabalho de dançarino e coreógrafo na Cia Zeijo.