IJC DESDE : 2015

Dedica-se à  salsa desde 2006 quando formou a Cia Sí­ncronos com Rosana Lobato. Esteve presente em grandes eventos no Brasil e no exterior como Rio Salsa Congress e NY Salsa Congress.
Em 2008 conheceu o grande maestro e nome da salsa mundial, Eddie Torres. Desde então, estuda e colocou o estilo mambo NY Style na CiaSí­ncronos.
Em suas aulas gosta de explorar bem o “sabor” na dança e a suavidade para dançar salsa à dois.

Conheça outros professores

Saiba mais sobre os nossos talentosos professores

Inicia seu desenvolvimento de consciência corporal aos 4 anos com a Equipe de Ginastica Olímpica do Setor Leste.
Aos 8 ingressa no ballet clássico e matricula-se na Academia Lúcia Toller, na qual atua como bailarina pelos 9 seguintes anos de sua vida.Presta uma série de exames da Royal Academy of Dance, até o nível Advanced 1, no qual recebe a menção Distinction.Participa do Seminário REC Dança Nordeste, do Seminário Internacional de Brasília e tem aulas de verão no Centro de Movimento Deborah Colker.Paralelamente ao estudo do ballet, dedica-se a aulas de acrobacias aéreas com a professora Bela Levi, no Espaço Cultural Renato Russo. Teve aulas com Ana Luisa Grossi, Graziela Bastos, Lúcia Toller, Ivan Taperdoof, Luis Ruben Gozalez,  Edi Oliveira, Leonora Lima, Rodrigo Mena Barreto, Jana Marques, entre outros.Fez parte de ballets de repertório como La Fille Mal Gardée, Sonho de Uma Noite de Verão, Dom Quixote, La Bayadere e Paquita. Além de participar de espetáculos de dança contemporânea como um Remake do Mágico de Oz, Dança à Mostra, e o espetáculo Stabat Mater.
Formação:
Exame de ballet da Royal Academy of dance nos níveis, 5º grau, Intermediate Foudation, Intermediate (semi profissional), Advanced foundation ( semi profissional) e Advanced 1 (profissional), nos quais passou com Distinction.
 
    Tudo começou aos 8 anos de idade, quando Samuel Ninaut ingressou na Escola de Música de Brasília e teve assim o seu primeiro contato com a música. Aos 11 anos, motivado a seguir os passos do pai, que dançava black music e tinha Michael Jackson como ídolo, Samuel Ninaut começou a ter aulas de break dance e hip hop. Aos quinze anos, foi descobrindo a sua verdadeira paixão pelo samba. Teve o seu primeiro contato com a Dança de Salão em 2012, como aluno e em seguida como monitor do Instituto de Dança Juliana Castro, onde permaneceu por pouco mais de dois anos, tendo formação em todos os ritmos da dança de salão. Em 2013, passou a fazer parte da companhia profissional de dança de salão Cia Zeijo, e com isso começou a ganhar notoriedade no cenário da dança. Atualmente, integra o quadro de professores do Instituto de Dança Juliana Castro e desenvolve um trabalho de dançarino e coreógrafo na Cia Zeijo.