IJC DESDE : 2015

Dedica-se à  salsa desde 2006 quando formou a Cia Sí­ncronos com Rosana Lobato. Esteve presente em grandes eventos no Brasil e no exterior como Rio Salsa Congress e NY Salsa Congress.
Em 2008 conheceu o grande maestro e nome da salsa mundial, Eddie Torres. Desde então, estuda e colocou o estilo mambo NY Style na CiaSí­ncronos.
Em suas aulas gosta de explorar bem o “sabor” na dança e a suavidade para dançar salsa à dois.

Conheça outros professores

Saiba mais sobre os nossos talentosos professores

A dança surgiu cedo na vida de Nathalia. Começou a fazer “música com os pés com sua mãe, Juliana Castro, aos 5 anos de idade. Aos 11 anos, se viu completamente apaixonada pela arte do sapateado e prometeu a si mesma que nunca iria parar de sapatear. Participou do antigo Grupo TAP, grupo mirim de sapateado, liderado por Juliana Castro e com coreografias de Cí­nthia Moraes, e da TAP Companhia de Sapateado, também dirigida por Juliana Castro. Sabe que no sapateado o estudo deve ser sempre contínuo e, por isso, busca sempre se atualizar com os professores de mais alto renome tanto no Brasil quanto no exterior, dentre eles Steven Harper, Lane Alexander, Michelle Dorrance, Jason Samuels Smith, Chloe Arnold e Derick Grant.
    Começou a ter aulas de Street Dance em 2005, aos 9 anos de idade. Aos 12, ingressou no grupo Tribo Cia de Dança no qual atua até hoje, como bailarino e co-coreógrafo. Já viajou nacionalmente representando o grupo em que faz parte e internacionalmente buscando novos aprendizados na área do Hip Hop. Teve aulas de Street Jazz, Street Dance, Freestyle, Dancehall e Contemporâneo durante sua formação. Desde 2015 é professor de Street Dance no Instituto Juliana Castro e deu aulas em diversos workshops.
      Vinicius teve seu primeiro contato com a Dança de Salão em 2011, como aluno do Instituto de Dança Juliana Castro (IJC), oportunidade na qual pôde conhecer um pouco mais sobre o mundo da dança. Isso o motivou, no mesmo ano, a entrar para a equipe de monitores do próprio IJC, onde permaneceu por três anos e meio, tendo aprimorado sua técnica e seu conhecimento nos diversos ritmos da Dança de Salão. Contudo, foi o Zouk que virou sua grande paixão. Atualmente, é dançarino na Cia de Dança Briathos, por onde apresentou coreografias em congressos e mostras de Dança de Salão pelo país, e professor de Zouk do IJC, além de ser proprietário e gerenciar a marca Zouk Music.